terça-feira, 31 de agosto de 2010

O Caracol ...

                      

Angustiado o caracolzinho se sentia infeliz.
Ele via que quase todos os animais eram mais ágeis que ele.
Uns brincavam, outros saltavam e ele se aborrecia debaixo do peso de sua carapaça e dizia bastante frustrado;
- Ta vendo que futuro é ir devagarzinho, só eu sofrendo todos os males.

Ai seus amigos, familiares tentavam consolá-lo, mas ninguém conseguia.

Um dia a tartaruga que também tem carapaça disse o seguinte:- Caracolzinho pense que se a natureza lhe deu essa carapaça foi para alguma coisa.
- Há sim, para alguma coisa será, mas poderia me explicar qual é esta coisa?

E mais chateado ainda ele ficava por receber tantos conselhos.
O caracolzinho se tornou tão insuportável, era tanta reclamação que todos seus amigos o abandonaram, e ele continuava com sua carapaça as costas cada vez mais pesadas para o seu gosto.

Um dia desabou uma tempestade, mas choveu, choveu, choveu durante muitos dias.
Parecia um dilúvio, as águas subiram, inundaram tudo, muitos animaizinhos que ele invejara estavam agora em grande dificuldade.
O caracolzinho, porém encontrou o refúgio seguro dentro de sua carapaça, estava totalmente protegido.
Desde então ele compreendeu a utilidade de sua lenta e pesada carapaça, deixou de reclamar e tornou-se um animalzinho simpático e querido por todos.
Ainda que não invejamos de imediato as razões de algo, pelo qual passamos que nos angustia, confiemos na providência e no amor de Deus para conosco.
Ele jamais tardará e um dia iremos descobrir o porquê nos horizontes insondáveis e amorosos do Senhor fomos criados.
E lembre-se que não existe salvação sem cruz em Cristo Jesus!

1 comentários:

Jaquellinee disse...

lindo o texto amei *-*

 
Copyright '  Caroline Beu 2009. Powered by Blogger.Wordpress Theme by Ezwpthemes .
Converted To Blogger Template by Anshul Dudeja.